Treino de armas de curtas distâncias

Página 16 de 17 Anterior  1 ... 9 ... 15, 16, 17  Seguinte

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

Treino de armas de curtas distâncias

Mensagem por Apolo em Sab Jun 18, 2011 11:38 pm

Relembrando a primeira mensagem :




Treino de
Curta distância

Aqui, vocês deverão postar seus treinos de espada, adaga, sabre, foice machado ou clava, com escudo ou não, que depois, nós deuses, atualizaremos sua ficha.

Treinar é simples mas não é tão fácil nem rápido, portanto, cada sessão de treino deverá ter mais de sete linhas aqui no fórum. Caso tenha menos, o seu treino não sera considerado.

Tente descrever e desenvolver ao máximo seu treino, isso fará de você um bom guerreiro.

Obs.: Só pode treinar aqui uma vez por dia. Todavia, pode fazer outros tipos de treino.
avatar
Apolo
Deus(a) Olímpico(a)

Mensagens : 219
Dracmas : 608
Data de inscrição : 18/06/2011
Idade : 20
Localização : Olimpo

Ficha de RPG
Vida:
9999/9999  (9999/9999)
Nível: ???
Inventário:

Ver perfil do usuário http://rpgleague.forumeiros.com

Voltar ao Topo Ir em baixo


Treino de armas de curta distância

Mensagem por Luna Monfang em Sex Nov 16, 2012 3:00 pm

Depois de uma experiência digamos... Meio louca com um lobo, cheguei ao campo de treinamento para realizar meu primeiro treino com armas de curta distância. Entrei lentamente a procura de Quiron, pedi que ele que me auxiliasse. Ele disse que eu poderia começar treinando com bonecos. Pois bem, peguei minha espada e fui em direção a eles com muita vontade de lutar.
Havia cinco bonecos e a cada boneco derrotado a dificuldade aumentaria. Então comecei rapidamente e os três primeiros bonecos vieram em minha direção, com um sorriso no rosto enfrentei estes que foram detonados por minha espada ligeiramente. O quarto boneco era bem mais rápido, ele tentou me acertar umas três vezes na cabeça, mas desviei com sucesso e o golpeei nas costas, assim ele caiu no chão. Olhei para frente, o quinto boneco me acertou em cheio no estômago e cai. Com raiva levantei e ele já estava me atacando novamente, o boneco era muito rápido, porém eu me familiarizava bem com a espada e com um golpe certeiro arranquei sua cabeça do que era para serem seus ombros.
Com o último boneco decepado já no chão limpei minhas roupas, por ter caído no chão e saio da arena para descansar.

~.~.~.~.~.~.~.~.~.~.~.~.~.~.~.~.~
Atualizado
Deusa da Agricultura
avatar
Luna Monfang
Filho(a) de Ares

Mensagens : 17
Dracmas : 122
Data de inscrição : 05/09/2012
Idade : 18
Localização : Acampamento meio-sangue

Ficha de RPG
Vida:
100/100  (100/100)
Nível: 2
Inventário:

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Treino de armas de curtas distâncias

Mensagem por Nalbert Luiz em Sex Nov 16, 2012 4:39 pm

Eu estava no meu chalé quando senti uma vontade de treinar então me dirigi a arena sem dúvida o melhor local em todo o acampamento para poder se treinar, me dirigindo á arena encontro um garoto no caminho ele também ia a arena para treinar então nós vamos a arena, ao chegarmos no nosso destino começamos uma luta-treino eu pego rapiadamente minha espada de bronze celestial me abaixo para desviar do golpe do meu adversário e dou uma rasteira nele ele pula, o tempo para eu me levantar e fazer um corte profundo no seu braço com minha espada, ele me empurra com o escudo, eu caio e ele faz um golpe também profundo em minha perna com isso não consigo me levantar e ele me ajuda a ir para a enfermaria, porém a metade do caminho ele me ataca severamente eu quase sem nenhuma reação pego meu bastão víbora e invoco as 5 cobras que dão um jeito nele depois desse imprevisto encontro Quiron passando e ele me leva a enfermaria.

OFF: Este treino não foi válido pois dizia que tem habilidades especiais porém se essas habilidades forem as cobras ela é o poder do bastão víbora que é uma arma de curta distância.
~.~.~.~.~.~.~.~.~.~.~.~.~.~.~.~.~
Atualizado. Desculpe, considerei-o agora.
Deusa da Agricultura







Líder do Chalé de Hécate

Vantagens: Contato
Desvantagens: Alergia (Papelão)
avatar
Nalbert Luiz

Mensagens : 396
Dracmas : 174
Data de inscrição : 09/05/2012
Idade : 15
Localização : Só o FBI sabe

Ficha de RPG
Vida:
280/280  (280/280)
Nível: 4
Inventário:

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Treino de armas de curtas distâncias

Mensagem por Annabeth Chase Dulfax em Sab Nov 17, 2012 8:03 am

Fazia uns dois dias que eu não treinava, então resolvi ir para a arena e voltar aos treinos. Entrei na arena,e ela estava vazia, dei de ombros e resolvi treinar com um boneco, comecei com alguns golpes com a espada, mas não estava sendo muito útil,suspirei entediada, eu precisaria enfrentar alguém, ou alguma coisa que se movesse, mas mesmo assim continuei dando golpes no boneco com a espada. Quando eu arranquei a cabeça dele, um garoto chegou na arena.
- Oi, eu sou Diego. Posso treinar com você?
Eu sorri timidamente,e aceitei a oferta dele.
- Claro- respondi.
Eu me afastei um pouco dele e olhei para as suas armas. Ele estava com uma espada de um metro e meio de comprimento e um escudo grande. Vestido para se proteger, com armadura pesada. Eu estava em desvantagem, pois só estava com a minha espada, sem nenhum tipo de proteção,e poderia me machucar seriamente,e, mesmo assim ataquei ele. Apesar de ele estar com todo aquele peso, ele conseguiu bloquear o meu golpe com o escudo e atacar com a espada. Eu consegui jogar o braço dele para o lado e tentei atacar o outro braço, que estava com o escudo, mas só consegui atingir a armadura dele.
Eu sabia que o único jeito de conseguir vencer seria cansa-lo demais para ele continuar a lutar, mas mesmo isso era difícil, pois ele era bastante rápido. Eu tentei mais uma estocada em seu braço, mas ele bloqueou e fez um corte no meu braço com a espada.
- Ei, você está bem? Quer parar um pouco?-ele me perguntou.
-Não precisa. O corte foi superficial. Vamos continuar.-disse
Ele estava suando muito, e ia perdendo a velocidade aos poucos. Mas o corte no meu braço apesar de não ser tão grande estava doendo, então eu só teria uma chance. Ele veio para cima de mim e tentou uma estocada com a espada. eu consegui bloquear e atingi o escudo dele. Ele foi forçado a largar o escudo e eu dei um chute no peito dele. Ele caiu e eu coloquei a espada no pescoço dele.
- Melhor você não se mexer. Acho que acabamos por hoje, não?-disse risonha.
- Acho que sim. Melhor você ir tratar esse corte no braço. Você luta muito bem, qualquer dia sesses eu quero uma revanche. Até mais.ele disse e se afastou.
Eu sai da arena logo em seguida, indo em direção ao chalé de Atena dar um jeito no meu braço.
+++
Atualizado por Atena
avatar
Annabeth Chase Dulfax
Filho(a) de Atena

Mensagens : 259
Dracmas : 553
Data de inscrição : 10/11/2012
Idade : 22
Localização : Acampamento Meio Sangue

Ficha de RPG
Vida:
370/370  (370/370)
Nível: 4
Inventário:

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Treino de armas de curtas distâncias

Mensagem por Annabeth Chase Dulfax em Dom Nov 18, 2012 9:17 am

Cheguei a arena quase na hora do almoço, alguns campistas ainda treinavam por ali, mas provavelmente a maioria já deveria estar no refeitório.
Observei a minha volta e avistei um menino de nó máximo uns 14 anos,provavelmente um filho de Apolo,e ele parecia meio perdido, não devia estar acostumado a luta com espadas; olho para suas mãos, ele não segurava sua espada direito e parecia confuso em como colocar o escudo.
Resolvi ir até ele e propor que lutasse comigo, eu o ajudo sorrindo,e mostro como se coloca o escudo e depois o deixo aprender sozinho.Ele me disse que era filho de Apolo confirmando assim minhas suspeitas.
Propus a ele que treinasse comigo e ele aceitou, sorri e me preparei pra começar, ele fez o mesmo, e então eu parti para frente e ataquei o filho de Apolo, que desviou rapidamente com seu escudo.
Ele me ataca e eu revido, cortando seu braço rapidamente com minha espada. Ele respira fundo e contra-ataca,rasgando minha calça jeans.o que fez um corte na minha perna.
Andei um pouco para trás e o observei concentrada, ele já estava suando, nervosismo talvez? Não importa, tenho de treinar.
Ele avançou em cima de mim, coloquei o escudo em sua frente, me defendendo. Estiquei minha perna e lhe dei uma rasteira, ele caiu e se rendeu, pois eu havia levantado e colocado a ponta de minha espada apontando para sua garganta. O ajudei a levantar e agradeci pela luta, ele fez o mesmo.
Sai da arena com um sorriso no rosto, meu treino tinha sido um sucesso,e eu estava feliz com isso.
+++
Atualizado por Atena
avatar
Annabeth Chase Dulfax
Filho(a) de Atena

Mensagens : 259
Dracmas : 553
Data de inscrição : 10/11/2012
Idade : 22
Localização : Acampamento Meio Sangue

Ficha de RPG
Vida:
370/370  (370/370)
Nível: 4
Inventário:

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Treino de armas de curtas distâncias

Mensagem por Charlotte Anderson em Seg Nov 19, 2012 3:34 pm

Cheguei na arena de treinos de espadas, eu escutava e via por todo o lado tintilar de espadas e escudos, como ainda não tinha uma espada de verdade fiquei treinando com novatos que nem eu, treinamos com espadas de madeira, até Quíron chegar, quando chegou ele nos organizou em um circulo, e se colocou no meio e disse:
- Os novatos vão ter que se enfrentar em combate para eu poder observar as habilidades de vocês. Todos os novatos venham aqui.
Todos incluindo eu fomos para o centro, Quíron nos organizou em duplas, a minha parceira, era exibida de mais, por isso perdeu, ela agitava muito a aspada e não se concentrava, foi o maior erro dela, na primeira oportunidade que eu tive lhe desarmei e ela caiu no chão com minha espada na sua garganta.

-----------------------------------------
Atualizado pelo Senhor D.
avatar
Charlotte Anderson

Mensagens : 26
Dracmas : 64
Data de inscrição : 10/11/2012
Idade : 19
Localização : Acampamento meio sangue.

Ficha de RPG
Vida:
110/110  (110/110)
Nível: 3
Inventário:

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Treino de armas de curtas distâncias

Mensagem por Annabeth Chase Dulfax em Qua Nov 21, 2012 2:54 pm

Sai do meu chale e caminhei em direção a arena. Cheguei lá,e olhei os bonecos de treino, me concentrando no que fazer. Virei-me para os bonecos girando a espada na mão. Eram quatro.
Parti contra o primeiro e girei a espada na horizontal sobre seu tórax, atravessando-o com força. Ainda no embalo, giro o corpo novamente para o lado como se o boneco fosse me atacar, e subo o braço armado da espada, atravessando o queixo do boneco. Giro a lâmina novamente na horizontal, decapitando-o.
Avancei em direção ao segundo e puxei o braço armado lá de trás,curvei o tronco para a frente como se fosse me abaixar e uma lâmina passasse por cima de minha cabeça, passando a lâmina de minha espada sobre os joelhos de madeira do boneco, cortando-os fora. Subi a espada entre seus olhos, perfurando-o. Puxei a espada para baixo na vertical, rasgando o boneco.
O terceiro apenas passo a lâmina em sua cintura na horizontal, cortando-o ao meio, e no ultimo, apenas corto-o de cima para baixo na vertical, dividindo-o em dois.
Parei um pouco para descansar, e foi quando ouvi passos atrás de mim. Virei-me para ver quem era e abri um sorriso. Era um dos filhos de Apolo, um garoto com quem eu treinara alguns dias atras . Ele carregava uma adaga simples na mão, e um escudo na outra.
Ele sorriu e chegou perto dizendo:
- Que tal eu e você treinarmos juntos outra vez?
Deixei o corpo ereto novamente e o fitei, inclinando um pouco a cabeça para o lado. Acenei com a cabeça positivamente , erguendo a espada em frente ao tórax e sorrindo levemente.
O garoto correu em minha direção e tentou me cortar com sua adaga, mas dei um passo na diagonal e deixei a lâmina da espada na horizontal, na direção do seu ombro onde se encontrava o escudo, para cortá-lo. Ele para meu golpe com o escudo de bronze que carregava. Sem falar nada,finjo que vou ataca-lo no tórax, mas para sua surpresa, me abaixo e ataco suas pernas; passo a ponta da lâmina sobre seu pé direito, derrubando-o no chão. Ergo a espada para golpeá-lo no tórax mas quando desço a mesma, o garoto rola para o lado.
- Você luta bem- ele sorriu arfante.
Eu também já estava começando a ficar arfante. O garoto de Apolo me atacou novamente. Ele tentou um golpe direto no peito, mas botei a espada na horizontal em frente a meu peito, aparando sua adaga. Agarro o cabo da espada com as duas mãos e giro a lâmina em torno da adaga do filho de Apolo, acertando sua mão com a ponta da espada, fazendo este largar a adaga. Empurro seu tórax, mandando-o para o chão.
- Foi uma bola luta.
Ajudei ele a se levantar e este bateu sua roupa, limpando a sujeira. Ele me dirigiu um rápido sorriso, pegando a adaga no chão.Olhou para a lâmina , e falou,com a voz um tanto fraca.
- Pensei que você não podia ficar melhor.
Ele sorriu novamente para a mim e saiu da arena, deixando-me ali sozinha. Depois de alguns minutos pensando naquelas palavras, sorri comigo mesma e sai da arena.

-----------------------------------------
Atualizado pelo Senhor D.
avatar
Annabeth Chase Dulfax
Filho(a) de Atena

Mensagens : 259
Dracmas : 553
Data de inscrição : 10/11/2012
Idade : 22
Localização : Acampamento Meio Sangue

Ficha de RPG
Vida:
370/370  (370/370)
Nível: 4
Inventário:

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Treino de armas de curtas distâncias

Mensagem por Leticia Holanda em Qua Nov 21, 2012 8:51 pm

Quíron ficou me observando no meu ultimo treinamento,e me disse que eu devia levar as coisas do acampamento mais a serio.Que isso tudo era apenas uma preparação para os riscos que vamos correr fora do acampamento,ou até dentro dele.
Ele estava certo,resolvi então me concentrar no treinamento.
Uma garota chamada Annabeth Chase foi minha dupla.Ela é filha de Atena,e devo admitir que tive um treino duro,ela é uma ótima guerreira.
Aprendi bastante coisa com ela.Truques,posições de luta,e até alguns blefes.
Sinto que melhorei minha habilidade,e vou continuar melhorando até me tornar imbatível,o que não vai ser uma tarefa TÃO fácil ass
im.

-----------------------------------------
Atualizado pelo Senhor D.
avatar
Leticia Holanda
Filho(a) de Dionísio

Mensagens : 9
Dracmas : 26
Data de inscrição : 18/11/2012
Idade : 17
Localização : Acampamento meio-sangue

Ficha de RPG
Vida:
100/100  (100/100)
Nível: 1
Inventário:

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Treino de armas de curtas distâncias

Mensagem por Merida Valentina Sidhes em Qui Nov 22, 2012 11:10 am

Fui para arena treinar com a espada. Ao chegar lá avistei vários campistas treinando, estava meio perdida, mas logo encontrei Apolo e pedi-lhe para que prepara-se um treino de armas de curta distância, no qual eu melhorasse minha habilidade com a espada. Esperei por um tempo até que Apolo disse:
- Muito bem, já sei, como é seu primeiro treino com a espada irie lhe ensinar principalmente a manuseá-la, depois estará liberada do treino.
Ele me pediu também que treinasse com a espada de madeira para não correr riscos. Para me mostrar Apolo pegou uma espada e com um movimento começou a gira-la, depois passava pelas costas dos lados e acertava os bonecos. Depois era a minha vez de fazer, tive muita dificuldade no início, não conseguia botar força, destreza e manuseá-la corretamente, Apolo teve trabalho para me ensinar os movimentos, e um pouco mais de trabalho para que eu consegui-se executa-los, mas todo trabalho valeu a pena. Eu consegui rodar a espada, acertar os alvos com força suficiente e as vezes sem nem precisar velos. Virava as mãos e aplicava golpes precisos, parecia que eu já era mestra, que fazia aquilo a muito tempo. Apolo me parabenizou e me liberou do treino fiquei satisfeita com o resultado e fui treinar minha esquiva e agilidade.


-----------------------------------------
Atualizado pelo Senhor D.




Razz ...................... Merida ........................ study




Como a rosa,
de um lado sou bela e formosa,
mas também estou armada e perigosa.

Por onde passo deixo rastro,
de amantes chateados
pois, como uma miragem
sirvo para deleitar olhares
mas bela de mais para ser verdade

Se me tens logo vou
pois muitos querem meu amor
é como fruto proibido
enveneno a quem abrigo
mas todos desejam meu calor

Sou pura filha de Afrodite
a deusa do amor
avatar
Merida Valentina Sidhes

Mensagens : 208
Dracmas : 381
Data de inscrição : 28/09/2012
Idade : 20
Localização : em qualquer lugar

Ficha de RPG
Vida:
230/230  (230/230)
Nível: 3
Inventário:

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Treino de armas de curtas distâncias

Mensagem por Merida Valentina Sidhes em Sex Nov 23, 2012 12:26 pm

Vim a arena treinar com minha espada, procurei Quiron para que monta-se meu treino de armas a curta distancia, quando o achei pedi-lhe educadamente e como um raio ele me respondeu:
- Olá Merida, bem vinda a seu segundo treino, já a esperava, hoje montei algo que não espero que aprenda somente em um dia, e se quiser eu adianto esse treino e monto outro mais fácil.
Respondo olhando para ele que parecia animado:
- Não, não, não precisa montar outro treino, o que tem já pode bom de mais, só falta me explicar!
Ele deu uma leve risada e começou a me explicar:
- Você precisa saber que alguns de seus oponentes podem ficar invisíveis, e muitos lhe atacarão de surpresa, então decidi a começar a te ensinar como usar os outros sentidos, você irá ver o invisível, bom, então comecemos.
Avia me animado com a expectativa, mas sabia que seria muito difícil quase impossível a tarefa, então foi colocado uma venda em meus olhos para que eu não vise nada, começamos pela manipulação da espada, foi fácil pois já avia pego a manha no último treino, eu a virava e acertava golpes ao ar quando mandado, depois precisei acertar os alvos com precisão e força, era difícil pois, mesmo sabendo onde estava os alvos não conseguia acertá-los e não conseguia aplicar a força necessária para ferir profundamente, com o tempo fui melhorando a força e a pontaria até que, sendo colocada no meio de cinco bonecos que formavam um círculo, eu consegui acertar um onde seria o peito em uma pessoa com força o suficiente para matar, depois acertar um golpe fatal na cintura do boneco que estava a seu lado, chutar o boneco paralelo a esse e enfiar a espada em seu peito, cortar o joelho de outro boneco, cortar a cabeça do ultimo e enfiar a espada no qual avia apenas ferido. Ao conseguir fazer assa façanha Quiron me liberou do treino dizendo:
- Parabéns Merida, acho que por hoje já está bom, te ensino mais no próximo treino, está liberada!
Despedi-me e fui treinar minhas agilidade e esquiva.





Razz ...................... Merida ........................ study




Como a rosa,
de um lado sou bela e formosa,
mas também estou armada e perigosa.

Por onde passo deixo rastro,
de amantes chateados
pois, como uma miragem
sirvo para deleitar olhares
mas bela de mais para ser verdade

Se me tens logo vou
pois muitos querem meu amor
é como fruto proibido
enveneno a quem abrigo
mas todos desejam meu calor

Sou pura filha de Afrodite
a deusa do amor
avatar
Merida Valentina Sidhes

Mensagens : 208
Dracmas : 381
Data de inscrição : 28/09/2012
Idade : 20
Localização : em qualquer lugar

Ficha de RPG
Vida:
230/230  (230/230)
Nível: 3
Inventário:

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Treino de armas de curtas distâncias

Mensagem por Annabeth Chase Dulfax em Sab Nov 24, 2012 8:48 am

Entrei na arena para o treino de espada, e avistei ao longe um garoto filho de Hades, eu já o tinha visto algumas vezes no acampamento mas nunca tinha falado com ele. Ele me parecia com raiva e descontava tudo no boneco com o qual treinava. Resolvi me aproximar dele e pedir para que treinasse comigo, hoje eu queria algo mais pesado. Perguntei a ele se topava treinar comigo e ele respondeu:
-Então se prepare,pois não vou ter pena de você.-
Sorri ironicamente e me preparei para começar, me colocando em posição defensiva.
Mais rápido que nunca o filho de Hades partiu para cima de mim,com vários golpes,ele parecia estar com muita raiva e descontava em min, sorrindo eu me esquivava em posição de defesa andando pra traz,logo o mesmo abriu um certo espaço,e eu mais rápido que nunca,dei dois saltos pra traz,nesse momento lembrei de agradecer meu pai novamente por ter me colocado pra fazer aulas de ginastica olímpica.
Parei ajoelhada sobre a perna direita,levantei a cabeça e parti pra cima do filho de Hades,com vários golpes de ataque,e investidas,ele me atacando também e eu me protegendo com o escudo,de uma forma rápida,me agachei e girei,derrubando o mesmo no chão,levantei rapidamente,e apontei a espada em seu rosto.Ele por sua vez,bateu com o escuda nas minhas pernas me fazendo cair, me levantei rapidamente e comecei a ataca-lo novamente ,ele tentou me derrubar,girando no chão,mais fui mais rápida e dei um salto mortal,por cima do mesmo,e parei em suas costa,dando um chute e o fazendo cair de cara no chão.Peguei a sua espada,pisei em suas costas,e coloquei a espada em seu pescoço.
Ele finalmente sorriu e se rendeu, juro que se ele não ficasse com a cara fechada sempre que o via ele seria bem mais bonito. Sorri pra ele e o ajudei a levantar devolvendo sua espada. Em seguida sai da arena feliz comigo mesma.
avatar
Annabeth Chase Dulfax
Filho(a) de Atena

Mensagens : 259
Dracmas : 553
Data de inscrição : 10/11/2012
Idade : 22
Localização : Acampamento Meio Sangue

Ficha de RPG
Vida:
370/370  (370/370)
Nível: 4
Inventário:

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Treino de armas de curtas distâncias

Mensagem por Merida Valentina Sidhes em Sab Nov 24, 2012 9:46 am

Fui a arena para treinar com minhas facas naturais, avia as ganhado de presente e não sabia ao certo como usa-las, primeiro aprendi a manuseá-la, queria aprender a controlar certamente aquele leve item, era difícil, era muito leve e eu acabava deixando-o cair, aos poucos fui deixando meus movimentos mais leves, delicados e precisos, até que consegui manuseá-la corretamente, fui então treinar a minha mira, joguei a faca pelas costas, peguei-a com a outra mão e a atirei, acertei o meu do alvo e fui tentar fazer a façanha de novo, só que da segunda vez eu me concentrei mais e joguei-a com mais força, novamente tive êxito em minha tentativa, fui recolher as facas e um campista veio em minha direção admirado dizendo:
- Uau, como as conseguiu ?
- Foi um presente de uma amiga!- respondi tirando as facas do alvo.
Ela pediu para segurar e disse:
- Presente de uma ninfa não, material leve mas forte, e faz o mesmo estrago que uma faca comum! E tem a grande vantagem de ser controlada em meios naturais, você é muito sortuda!
Respondo que não sabia disso e peço a ajuda dele para treinar, ele diz que talvez outra hora, que no próximo treino ele me ajuda, pois tinha coisas para fazer. respondi:
- Então ta marcado !
Lancei as facas mais umas trés vezes, depois fui embora.



Atualizado por Apolo




Razz ...................... Merida ........................ study




Como a rosa,
de um lado sou bela e formosa,
mas também estou armada e perigosa.

Por onde passo deixo rastro,
de amantes chateados
pois, como uma miragem
sirvo para deleitar olhares
mas bela de mais para ser verdade

Se me tens logo vou
pois muitos querem meu amor
é como fruto proibido
enveneno a quem abrigo
mas todos desejam meu calor

Sou pura filha de Afrodite
a deusa do amor
avatar
Merida Valentina Sidhes

Mensagens : 208
Dracmas : 381
Data de inscrição : 28/09/2012
Idade : 20
Localização : em qualquer lugar

Ficha de RPG
Vida:
230/230  (230/230)
Nível: 3
Inventário:

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Treino de armas de curtas distâncias

Mensagem por Tendy Flamous em Sab Nov 24, 2012 10:55 am

Chego no campo de treinos bem convencido de que iria vencer.O dia está bem frio então pude usar minha propria arma,uma adaga.Procurei um bom oponente uma pessoa que esteja no acampamento a mais tempo que eu.Achei uma garota de cabelos negros e de armadura.Geralmente as pessoas que eu lutava sempre usavam armadura.Mas eu nunca tinha lutado com uma garota antes a primeira vez então tentei a sorte.A chamei para treinar ela parecia um pouco assustada mais mesmo assim aceitou.Ele usava uma adaga um tanto pequena para uma agada e claro.Nunca tinha treinado com uma adaga antes então não fazia ideia de como começar essa luta.Bem o ruim de um treino de adaga e que você se machuca seriamente.A menina começou me dando um corte feio no braço.Eu tive intenção machuca-la mas meus reflexos(sempre nós culpando)a machucaram seriamente.Eu dei um pulo em cima dela e fiz um corte bastante profundo em seu rosto saiu bastante sangue.Ela levou sete pontos no rosto.Decidi não fazer esse treino pelo menos com a adaga por um bom tempo.

+++
Atualizado por Atena
avatar
Tendy Flamous
Filho(a) de Quione

Mensagens : 30
Dracmas : 97
Data de inscrição : 14/11/2012
Idade : 17
Localização : uberlandia

Ficha de RPG
Vida:
110/110  (110/110)
Nível: 1
Inventário:

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Treino de armas de curtas distâncias

Mensagem por Annabeth Chase Dulfax em Dom Nov 25, 2012 2:08 pm

Cheguei a arena já era de tarde ,poucos campistas ali se encontravam, uns treinavam sozinhos, outros entre si,olhei a minha volta e avistei o filho de Hades do dia anterior, resolvi me aproximar e fazer com que ele treinasse comigo. Ele aceitou rapidamente dizendo que essa seria sua revanche.
Começamos a batalhar
Ele levanta sua foice e eu empunho minha espada. As brisa leve da tarde me agradava.
Corri em direção ao filho de Hades e tentei corte baixo, em direção a suas pernas, mas ele desviou facilmente dando um salto e desferindo um golpe com a foice para baixo. Rolei para o lado e conseguindo desviar a tempo.
Tentei uma estocada no ombro, mas ele foi rápido e desviou, me atingindo com o cabo de
sua foice. Cai no chão de costas para ele.
Quando me virei, vi sua lâmina vindo em direção ao meu peito. Com um movimento rápido, rolei para trás e desviei do golpe. Mas quando me levantei, fui atingida de raspão no rosto, mas fora suficiente para fazer sangue escorrer pela minha bochecha e fazer meu rosto arder levemente, nada que eu não podia suportar.
Olho pra ele com raiva e desfiro um golpe na horizontal,ele desvia com um salto para trás,e eu uso outro golpe, agora na vertical, mas com sua foice, ele desvia a minha espada.
Ele é muito rápido e forte. Mas sua foice também o ajudava.
Tento outra estocada, mas ele desvia, porém agora giro meu corpo e bato o cabo da espada em seu braço esquerdo, fazendo com que ele derrube sua foice.
Coloquei minha espada em seu pescoço e ele levanta os braços em sinal de rendição.
Sorri sinistramente pra ele, me virei e sai da arena indo em direção a enfermaria cuidar do meu rosto.

+++
Atualizado por Atena
avatar
Annabeth Chase Dulfax
Filho(a) de Atena

Mensagens : 259
Dracmas : 553
Data de inscrição : 10/11/2012
Idade : 22
Localização : Acampamento Meio Sangue

Ficha de RPG
Vida:
370/370  (370/370)
Nível: 4
Inventário:

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Treino de armas de curtas distâncias

Mensagem por Sara Jersey em Dom Nov 25, 2012 5:24 pm

Saí de meu chalé e fui andando até a Arena de Combate. Tinha treinado um pouco sozinha no dia anterior com a espada, então, provavelmente, estava adaptada a usá-la. Cheguei lá e tinham muitos semideuses lutando uns com os outros. Olhei para um lado, estavam lutando. Olhei para o outro, estavam lutando. Tinha um semideus sentado no chão sozinho.
- Ei! - gritei de longe. - Vamos lutar?
- Claro. - disse ele. - Se você quer perder, vamos lá. Sou o melhor campista de esgrima por aqui.
- Parece que este título vai passar para mim.
- Tá bom, vai achando.
- Eu não acho, eu tenho certeza.
Fui me aproximando dele e ele se levantou.
- Vamos lá? - disse eu aproximando meu rosto do dele.
Ele piscou os olhos e eu peguei a espada de sua mão.
- Nunca deixe seu adversário distrair você. - disse eu piscando um olho.
Depois disso, devolvi a espada dele e comecei a lutar. Nós lutamos, lutamos, lutamos, lutamos e lutamos... Ele finalmente conseguiu dar um corte em meu braço e eu caí no chão. Ele botou a espada no meu pescoço e disse:
- Parece que não vai ser hoje que este título vai pra você.
- Jura?
Peguei a espada que estava ao meu lado e dei um corte em sua barriga. Ele caiu e eu tirei a espada de suas mãos. Botei minha espada no pescoço dele e disse:
- Parece que é sim. Dessa vez não tem como você pegar sua espada.
Disse isso e olhei para a espada dele, que estava a uns 10m distante de nós.
- Tudo bem, você venceu. - disse ele dando um sorriso.
O ajudei a levantar e ele me levou para beber água. Ele olhou para mim e eu olhei para ele. Botei minhas mãos na nuca dele e o beijei. Depois disso, saí andando para o meu chalé e ele foi andando para o dele.
- Adeus. - disse ele.
- Adeus, amigo.


+++
Atualizado por Atena
avatar
Sara Jersey
Filho(a) de Atena

Mensagens : 64
Dracmas : 82
Data de inscrição : 22/11/2012
Idade : 22

Ficha de RPG
Vida:
110/110  (110/110)
Nível: 3
Inventário:

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Treino de armas de curtas distâncias

Mensagem por Taylor Lautner em Sab Dez 01, 2012 12:53 pm

Chego na arena de treino com espadas depois de organizar minhas coisas no chalé de Éolo.Vejo um cara da mesma idade que eu e novato também,ele era do chalé de Afrodite.E então,já sabe né? Os de Afrodite não são muito bons em batalhas, então pra fazer minha primeira batalha,disse a ele:
-Hey,cara? Vamos lutar um pouco?
De início o cara ficou com uma cara estranha, mas depois aceitou e lá estava eu com minha primeira batalha.Emocionante não? Mas era de espadinhas de madeira.Então começou a batalha! Ele tentou bater em meu braço com o cabo da espada mas eu desviei e desferi uma batida contra o pé dele, e o vento,tipo,que me ajudou um pouco a derrubar ele no chão,então ele se levantou e foi em minha direção. E agora ele estava bravo, o cabelo todo desarrumado, e então partiu pra cima de mim e me socou na barriga fazendo eu cair de costas no chão, mas depois larguei minha espada e fui desviando das tentativas de "fazer eu ficar feio" como ele dizia.Já era de se esperar,né? Olha não tenho nada contra Afrodite mais os filhos dela não ligam muito pra guerra oque os deixam muito mais fácil de um monstro vencer do que qualquer outro meio-sangue, e então aquele cara de Afrodite veio pra cima de mim com a espada mirando em meu olho, sem eu ter percebido, ele tinha me amarrado com uma corda enquanto eu estava pensando.E,quando ele ia me acertar,me veio na cabeça uma palavra:"SOPRAR".É isso! Fui reclamado por Éolo, o deus dos ventos, e então , me veio na cabeça soprar. Do nada,quando eu soprei, ele saiu voando pelos ares e bateu a cabeça nas árvores.Como ele estava tonto,meti o cabo da espada na testa dele, fazendo ele desmaiar,e assim subi em cima dele,mas logo desci porque tive pena dele.Então resolvi ajudá-lo,peguei ele pelo braço e chamei Quíron. E,então,ele aparece e pergunta oque que houve,e então conto-lhe a história toda, com detalhes e tudo mais, depois eu volto pro chalé de Éolos todo contente!

___________
Atualizado por Perséfone
avatar
Taylor Lautner
Filho(a) de Éolo

Mensagens : 30
Dracmas : 77
Data de inscrição : 30/11/2012
Idade : 20
Localização : acampamento meio sangue

Ficha de RPG
Vida:
100/100  (100/100)
Nível: 2
Inventário:

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Treino de armas de curtas distâncias

Mensagem por Taylor Lautner em Dom Dez 02, 2012 6:19 pm

Chego no treino com minha namorada do chalé de Atena,quando derrepente aparece um monstro gigante,da altura de um cão infernal.Um ciclope gigante! Pega a filha de Atena e simplesmente,em um lance de segundo,taca ela com força em uma árvore.Eu fico furioso,e já aproveito para treinar armas de curta distância.Então,pego minha adaga ventania e parto em direção ao ciclope,fazendo um corte bem profundo na coxa dele com a espada .Então ele pega a filha de Atena de novo e só deu tempo de ver ela sendo jogada para longe e caindo em uma pedra grande,se contorcendo,girando e esperneando de dor.Eu senti a dor dela.Então eu corri furioso em direção ao monstro e tentei enfiar a espada nas costas,mas foi um pouco mais baixo.E o monstro soltou um grito amedrontador. Ele berrou de dor,foi em minha direção pronto para me esfaquear com uma faca feita de ferro(bom,não contei que ele tinha um facão enorme?Do meu tamanho?)e deu o bote.Em um lance,pude ver a filha de Atena pulando na frente do facão e salvando minha vida.Vou honra-lá,ela deu a vida por mim.Então fui em direção ao monstro.Peguei minha Adaga ventania e decapito a cabeça dele.Depois enfio a espada dentro da barriga dele e ele se transforma em cinzas.Eu fico furioso com ele,meu olho fica igual ao do Éolo e começo a ficar tonto depois de levantar e tirar do chão algumas árvores que estavam a minha volta (pelo menos 8 árvores).
Acordo,zonzo e vendo duas criaturas de um tamanho que não da pra descrever. Eram irmãos do ultimo ciclope que passou por ai ( o que eu matei).Bom,só sei que estou em perigo,porque quando eles me viram,eles me pegaram e me tacaram na pedra,mas eu cheguei na pedra preparado.Com uma velocidade,andei sobre a maldita pedra e cai em pé,mas eles tentaram me dar um soco,desviei e peguei a minha adaga e enfiei na barriga do Feio Grande Gordo número 1 e ele virou pó.O segundo Feio Grande Gordo número 2 chegou me dando um soco,defendi com o escudo e pulei pra cima dele.Em um segundo,estava tirando a cabeça do ciclope número 2 e ele virou pó.Então fui ver a filha de Atena.Chorei,chorei,chorei.Eu não queria que ninguém olhasse ela assim,pois vão achar que fui eu que fiz aquilo com ela.Então eu fiz um buraco bem grande no chão,rezei para Atena,e joguei flores e cartazes escritos:Aqui se vai a menina mais legal e corajosa que alguém já vira,ela deu a própria vida para me salvar.Então,fui até meu chalé descansar e chorar.Em fim,desabafar com alguém do meu chalé de Éolo de como eu me senti ruim por ela ter morrido.

___________
Atualizado por Perséfone
avatar
Taylor Lautner
Filho(a) de Éolo

Mensagens : 30
Dracmas : 77
Data de inscrição : 30/11/2012
Idade : 20
Localização : acampamento meio sangue

Ficha de RPG
Vida:
100/100  (100/100)
Nível: 2
Inventário:

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Treino de armas de curtas distâncias

Mensagem por Jorge Fellipe em Seg Dez 03, 2012 4:26 pm

Cheguei na arena de treinos onde para minha sorte dei de cara com Quíron. Geralmente eu não pediria ajuda, mas estava com dificuldades com a escolha da arma.
Bem, cheguei perto de Quíron e disse:
-Hã...Senhor. Poderia me ajudar a encontrar uma arma adequada?
Quíron me levou até um arsenal onde depois de uns 30 minutos achei uma espada de mais ou menos 60 centímetros que se equilibrou bem na minha mão.
Agradeci a Quíron pela ajuda e voltei para a arena de combate. Olhei em volta e ví alguns bonecos de madeira. Na mesma hora eu pensei: "Vocês já eram seus bonecos malvados". Comecei dando algumas estocadas leves, quando um boneco me acertou a cabeça em cheio. Olhei em volta e Quíron estava gargalhando. Eu me irritei, nenhum boneco de madeira vai me derrotar assim tão facilmente. Agora eu estava lutando para valer. Girava, rolava, cortava, retalhava; de tudo um pouco. Parecia que os bonecos estavam ficando muito mais agressivos, como se fossem programados para desafiar cada vez mais o lutador.
Foi quando dei um corte forte e a cabeça de um dos bonecos rolou para longe.
Pude ver Quíron dizer algo como: "É isso ai garoto". Agora eu estava mais atento, bloqueava e atacava. Não necessariamente nessa ordem. Cortei a cabeça dos outros bonecos. Mas antes um deles me golpeou nas costas. Tudo bem. Eu os havia vencido. Era hora de descansar.

__________
Atualizado por Perséfone
avatar
Jorge Fellipe
Filho(a) de Deméter

Mensagens : 41
Dracmas : 31
Data de inscrição : 08/03/2012
Idade : 22
Localização : Alvorada - RS

Ficha de RPG
Vida:
100/100  (100/100)
Nível: 3
Inventário:

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Treino de armas de curtas distâncias

Mensagem por Annabeth Chase Dulfax em Ter Dez 04, 2012 4:44 am

Hoje acordei cedo e fui direto pra arena de treino, como não tinha ninguém resolvi treinar com um autônomo, liguei o boneco pra começar a luta, ele se desligaria assim que eu o vencesse.
Acomodei da melhor maneira possível minha espada nas mãos, preparando-me para atacar.E então comecei
Fiz um movimento rápido e preciso. Dei dois passos rápidos para a frente e o boneco de treino reagiu, vindo para cima de mim. Antes que ele me atingisse na cintura com uma espada, abaixei e desviei do ataque, atingindo-o no que deveria ser a parte de trás de seus joelhos. No entanto, senti um golpe na cabeça.
Me afastei com raiva massageando a cabeça,tinha esquecido que eles eram programados para atacar nos lugares mais óbvios, mas também tinham que me dar um desconto,eram apenas sete da manhã de uma terça feira,e eu ainda estava meio sonolenta.
Voltei a batalha, fazendo uma sequência rápida de ataques. Quando atacava, a parte de meu corpo que ficava mais aproxima de onde ele iria atacar eu precisava me mover mais rapidamente. Eu não precisava usar muita força, mas sim habilidade para manusear a espada e evitar ser atacada pela outra. Atingi-o algumas vezes nas pernas e outras nos braços e, por fim, aonde seria o coração. E ele caiu a minha frente se desligando.
Arfante pelo esforço matinal sai da arena.

_________
Atualizado por Perséfone
avatar
Annabeth Chase Dulfax
Filho(a) de Atena

Mensagens : 259
Dracmas : 553
Data de inscrição : 10/11/2012
Idade : 22
Localização : Acampamento Meio Sangue

Ficha de RPG
Vida:
370/370  (370/370)
Nível: 4
Inventário:

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Treino de armas de curtas distâncias

Mensagem por Jorge Fellipe em Sex Dez 07, 2012 2:48 pm

Amanheceu um belo dia no Acampamento Meio – Sangue, como de costume. Aqui o tempo nunca fica ruim. O Sol brilhava no alto e uma brisa fresca percorria o bosque. O pessoal do chalé de Hefesto jogava vólei contra o chalé de Hermes. As filhas de Afrodite penteavam os cabelos nas janelas do chalé. O pessoal de Atena jogava xadrez na sombra, enquanto Quíron e o Sr.D jogavam mais uma partida de pinochle.
Decidi que devia aproveitar esse clima para treinar minhas habilidades com a espada. Me dirigi ao arsenal onde peguei minha espada de madeira e resolvi levar um artefato que de costume eu não usava: um escudo. Fui para a Arena. De princípio o escudo parecia um pouco pesado. Mas na verdade era leve e fácil de se equilibrar.
“Hora de mutilar alguns bonecos de madeira” - Pensei. Eu estava louco para sair em uma missão. Mas Quíron sempre dizia: - “Ir para uma missão sem treinamento é suicídio.”
Bom, me aproximei dos meus adversários: Bonecos de madeira com cara de monstro. Chegava a ser engraçado olhar para eles e simular que eram criaturas mortais vindas do Tártaro. Mas fazer o quê ?
O bom desses bonecos é que eles se mexem e te atacam também, o que gera um certo desafio.
Alguns tem espadas, outros não.
Comecei a retalhalção. Girava de um lado para o outro. Cortava, estocava. No calor da batalha, à primeira vista, pode parecer difícil se defender e atacar ao mesmo tempo. Mas o transtorno de défict de atenção da conta disso. Para semideuses é natural esse tipo de coisa. Tudo ia bem. Sempre a mesma sequência de ataques que eu chamava de “combo”: Corta, defende, estoca, defende, gira e corta de novo. Apesar de ser bem resistente, cada golpe que o escudo levava parecia que ia desmanchá-lo. Tive uma ideia: rolei para trás e coloquei o escudo nas costas como se fosse uma mochila. Isso trás um ponto positivo e um negativo: Você não precisa se preocupar com as costas mas fica sem nada para defender a frente. Agora era só cortar. Coloquei força no braço e num golpe arranquei duas cabeças de madeira. Os monstros de madeira tentaram atingir minhas pernas com suas espadas. Girei no ar numa espécie de cambalhota maluca, isso ficaria muito bom em camera lenta: quando girei no ar cortei a cabeça de um dos bonecos e chutei a do outro. Era como se tivessem apertado um botão nas minhas costas que dizia: “ATIVAR MODO NEO”. Quando cai no chão, retalhei mais três bonecos. Atrás de mim, parecia que um furacão havia passado. Pedaços de madeira e cabeças para todos os lados. Até que eu senti um golpe inesperado: alguém havia acertado minha nuca com a base da espada. - Aauu! - olhei para trás. Um campista corpulento estava atrás de mim. A julgar pelo ódio nos olhos só podia ser filho de Ares.
-” Você é muito bom contra bonecos de madeira, quero ver o que é capaz de fazer contra um oponente real!” - Eu queria dizer que não. Mas a uns 10 metros Quíron se debruçava sobre seu cajado como quem diz: “Essa é a melhor parte!”. - Você quer brigar cara? Beleza. - Tirei meu escudo das costas e o segurei com o braço esquerdo e a espada de madeira tinindo na mão direita. - Pode vir!
O cara veio correndo na minha direção e ergueu a espada. Desviei o golpe com o escudo e lhe dei uma boa cortada nas costelas.Ele me deu uma rasteira e eu caí. Mas antes que ele atingisse o meu peito com a espada rolei para o lado e lhe joguei o escudo no rosto. Me levantei e lhe acertei o tórax com os dois pés. Ele tirou o capacete e largou o escudo, fiz o mesmo. Segurou a espada com as duas mãos e cortou de baixo para cima. Bloquei com minha espada mas ele chutou meu abdômem. Devo ter escorregado um 70 centímetros para trás. Ele veio na minha direção como um raio. Aquele chute estava doendo. Qunado ele veio me joguei para o lado, girei e acertei-lhe as costas com o lado achatado da espada. Qunado ele se virou para revidar era tarde. Eu estava com a ponta da espada no pescoço dele. Ele jogou a espada no chão e saiu praguejado. Quíron me olhou com satisfação. Com a espada na mão, fui em direção dele. Quando cheguei perto dele ele disse:
-Espero que não esteja planejando usar isso contra mim garoto. Eu lhe garanto que nem o raio-mestre de Zeus lhe daria a vitória sobre mim. - Comecei a rir e olhei para ele. - De maneira nenhuma. Então o que você acha?
Quíron me olhou sério: - Você está indo bem garoto. Mas esqueceu aquele lá – Disse ele apontando para um boneco de madeira em pé. Olhei para Quíron, me virei e lancei a espada que ficou cravada no olho do boneco. - Boa pontaria, mas jamais fique desarmado. - Disse Quíron. Depois disso fui para o chuveiro tomar um banho.

____________
Atualizado por Perséfone
avatar
Jorge Fellipe
Filho(a) de Deméter

Mensagens : 41
Dracmas : 31
Data de inscrição : 08/03/2012
Idade : 22
Localização : Alvorada - RS

Ficha de RPG
Vida:
100/100  (100/100)
Nível: 3
Inventário:

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Treino de armas de curtas distâncias

Mensagem por Pris Tommien em Sex Dez 07, 2012 3:53 pm

Fazia algumas horas que Pris havia recebido o seu escudo e a espada de madeira e desde aquela hora ela estava se coçando para usá-los.
>Estranho, nunca me imaginei usando uma arma, mais estou me sentindo mais protegida segurando-a...< Ela pensou enquanto se dirigia para a arena de treinos. Chegando lá, ela passou perto de alguns bonecos e se virou para eles imagiando-os como os monstros que quase a impediram de chegar ao acampamento. Por fim, ela deixou o escudo no chão e chegou mais perto de um boneco de palha, analisou todo o seu "corpo" e empunhou a espada de madeira, colocando-a frente ao seu rosto e segurando-a com as duas mãos. Deu um longo suspiro e em seguida desceu a espada, cortando todo o ar até pegar com força no ombro do "espantalho", alguma de suas palhas voaram com o impacto. Se empolgando, ela deixou uma de suas mãos livres, realizando um giro e atingindo o boneco no peito.
Ela continuou com essa sequência até que parou para respirar um pouco e limpar o suor. Pegou uma liga de seu bolso e prendeu seus cabelos castanhos-arruivados para trás. Levantando o rosto viu no pescoço do boneco, um amarramento mais fraco. Analisou a possibilidade de decapita-lo (aquilo à assustava um pouco) e ergues a espada. Colocou o pé direito atrás e com um grito abafado aplicou toda sua força da espada, fechando os olhos. Quando os abriu, a cabeça do "espantalho" estava a alguns metros de distância. Ela sorriu com o seu feito mais logo em seguida balançou a cabeça.
- Que loucura... Ai... -- Ela murmurou pra si mesma. Ela analisou a mão que empunhava a espada, colocara tanta força que sentiu dor quando houve o impacto entre arma e alvo. Abaixou-se pegando com a mão esquerda o escudo que jazia no chão e o segurou por debaixo do braço, passando a espada para a mão esquerda, sacudiu a direita que ainda estava dolorida. Alisou a camiseta laranjada do Acampamento que estava com alguns resquícios de palha e saiu andando para fora da arena, lançando um ultimo olhar (um pouco assustado) para a cabeça do boneco.
- Que loucura... De quem será que sou filha? -- E com esse último sussurro saiu para a trilha infestada com a luz do sol poente.
___________
Atualizado por Perséfone.

Pris Tommien
Filho(a) de Atena

Mensagens : 40
Dracmas : 39
Data de inscrição : 07/12/2012
Idade : 17
Localização : Acampamento Meio - Sangue

Ficha de RPG
Vida:
140/140  (140/140)
Nível: 3
Inventário:

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Treino de armas de curtas distâncias

Mensagem por Charlotte Anderson em Sab Dez 08, 2012 12:56 pm

Hoje queria treinar minha habilidade com espada e escudo, pois já está se aproximando a caça à bandeira, tenho que está preparada. Peguei minha espada e meu escudo de madeira e fui para arena, fui correndo estava atrasada, cheguei ofegante pois o Acampamento é enorme. Quíron tinha acabado de dar as explicações sobre o treino, só a ultima parte: Façam duplas de acordo com o chalé, então procurei um semi deus indefinido, achei, mas não foi tarefa fácil sair gritando, varias vezes:
- Tem algum semi deus indefinido, sem dupla?
Quando achei uma garota indefinida, perguntei:
- O que Quíron explicou sobre o treino?
Ela disse que ele queria um treino simples hoje, para fazermos duplas e nos enfrentar com a espada e se quiser um escudo. Ficamos nos enfrentando por horas, os campistas foram embora e continuamos treinando, ela era uma boa adversária, mas se descuidou e a derrubei no chão a imobilizando com a minha espada.
Ao anoitecer sentamos na grama com uma lata de coca-cola e ela disse:
- Você mesmo sendo novata, vai ser uma boa guerreira, treine bastante para honrar seu pai ou mãe divina. Para que te reclame logo. Boa sorte.


_______________________________________________
Da próxima vez, treine mais e converse menos. Atualizado por Apolo
avatar
Charlotte Anderson

Mensagens : 26
Dracmas : 64
Data de inscrição : 10/11/2012
Idade : 19
Localização : Acampamento meio sangue.

Ficha de RPG
Vida:
110/110  (110/110)
Nível: 3
Inventário:

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Treino de armas de curtas distâncias

Mensagem por Pris Tommien em Sab Dez 08, 2012 1:41 pm

Pris estava animada, iria treinar agora na parte em que ela mais se saiu melhor: armas de curta distância. Entrando na arena já com a espada em punhos e o escudo pendurado nas costas, ela procurava alguém para que pudesse lhe ajudar no treinamento.
Perto da seção de bonecos, havia um garoto. Ele era rápido e habilidoso. Defendia, atacava, atacava, defendia. Era demais. Pris se aproximou mais uns passos e abriu um curto sorriso, pigarreando e dizendo.
- Oi... Você quer treinar comigo? -- Ela disse timidamente, quando ele parou e a encarou nos olhos. Devia ter uns 16 anos, os cabelos eram de um castanho médio.
- Claro... Você já está pronta? -- Ele perguntou rápidamente, se alongando. Ele parecia entediado. - É horrível treinar sozinho... Mais você é bem novinha, não acha?
- Tenho 12 anos, mais acho que dou conta. -- A garota afirmou com outro sorriso, porém a determinação estava presente em seus olhos. Ela não gostava de ser taxada de fraca.
- Ok então. -- Ele lançou a menina um olhar duvidoso mais mesmo assim se afastou.
Eles estavam a mais ou menos um metro e meio de distância. O garoto já estava com o escudo e espada de madeira prontos. Pris ainda não, ela estava acoplando o escudo no anti-braço esquerdo e depois apertou a espada em sua mão direita. Ela sinalizou com a cabeça para mostrar que estava preparada. Quando viu o sinal, o garoto atacou. Sua espada veio em direção ao ombro direito de Pris, mais seus reflexos eram bons. Ela ergue o braço com o escudo impedindo o ataque e depois utilizando toda a força (que ainda era insuficiente) tentou jogar o garoto para trás. Óbvio que ele não se moveu.
- Vamos! Força! -- Ele disse pra ela enquanto aplicava mais potência em seu ataque. Mudando de estratégia, dirigiu sua espada por debaixo do escudo, tentando atingir o estômago da garota, mais de novo ela foi rápida. Bloqueou o ataque do garoto com a sua própria espada.
E então ela viu uma brecha. Chutou o garoto por entre seus braços e o atingiu no tórax. Ele saiu cambaleante para trás, massageando o local.
- Muito bom. Au... Ok, agora você vem e me ataque. -- Ele disse enquanto ficava em posição de guarda. Pris parou e respirou lentamente... Ela tentaria achar algum jeito de um ataque "letal". Relembrou alguns dos momentos do combate e então teve uma ideia. Ela partiu em corrida.
- Aqui não! -- O garoto disse, achando que já previa seu ataque quando a garota dava um giro de 180º no sentido anti-horário erguendo sua mão esquerda com o escudo para atingir a face do rapaz. Ele percebendo o movimento, subiu o próprio escudo e esse foi seu erro. Pris parou no ato e ao invés de continuar o ataque com o artigo de proteção ela realizou um corte por baixo com a espada.
O garoto porém era mais experiente, ele apenas saltou para trás se desviando. Por fim, ele deu uma risada baixa e disse a menina.
- Você luta bem. Só precisa treinar e vai ser uma boa guerreira. -- Ele deixou o escudo no chão e limpou o suor, tirando o peitoral de sua armadura.
- Obrigada. Espero mesmo. -- Ela afirmou com um sorriso. - Mais eu sei que naquele chute você nem tentou evita-lo.
Ele riu sem graça e desviou o olhar. - Claro que não.
Pris apenas balançou a cabeça, um pouco chateada. - Estou indo então. Nos vemos depois. -- Ela foi em direção a saída, colocando o escudo e a espada no arsenal da arena.
- Até mais. -- O garoto acenou e se virou para continuar o seu treinamento sozinho.


________________________________________________
Atualizado por Apolo




.

Pris Tommien
Filho(a) de Atena

Mensagens : 40
Dracmas : 39
Data de inscrição : 07/12/2012
Idade : 17
Localização : Acampamento Meio - Sangue

Ficha de RPG
Vida:
140/140  (140/140)
Nível: 3
Inventário:

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Treino de armas de curtas distâncias

Mensagem por Renee Jacces em Sab Dez 08, 2012 5:15 pm

O corpo já estava quente do treino anterior. Eu já estava no ritmo, então resolvi treinar com minha espada. Novamente não havia ninguém conhecido na arena, na verdade já haviam pouquíssimos campistas treinando. Saquei minha espada e fiquei movimentando-a nas mãos, procurando alguém que estivesse disponível para treinar. Foi quando sentir alguém vindo em minha direção.

- Hum... Uma filha de Afrodite...- disse uma voz irônica e feminina nas minha costas.
“Aff”... Odiava essas pessoas que tinham conceitos errados de mim. Virei-me seriamente e deparei-me com uma filha de Ares, rodopiando a espada na mão.
- Hum... Uma filha de Ares...- disse com um tom bastante irônico em minha voz.
- Então, quer treinar “menininha” ou suas unhas podem quebrar.- disse ela sorrindo.
- Ah, claro, e não se preocupe, que minhas unhas são bem resistente. Eu disse avançando em sua direção.

Segurei firme a espada e tentei acertar seu ombro, entretanto, ela abaixou-se e lançou um golpe em minha perna direita. Pulei rapidamente, mas a ponta da espada furou minha calça e fez um corte em meu joelho. Ela sorriu e eu a fulminei com os olhos. Minha mão apertou o cabo da espada, por causa da dor que irradiava do corte.

A raiva e o sorriso dela, fizeram o meu sangue ferver. Minha espada foi direto em seu rosto, ela tentou desviar, mas ainda sim consegui fazer um corte em sua bochecha esquerda. Ela parou, tocou em seu rosto e quando viu o líquido que escorria dali, olhou-me fulminantemente e avançou gritando em minha direção.

Ela lançou um golpe, que deveria acertar minha barriga, mas joguei-me para trás. “Essa foi por pouco”, pensei. Ela afincou a espada próximo a meu braço, mas rolei rapidamente. Ela olhou-me com uma imensa raiva e veio com tudo, tentando acertar meu rosto. Eu me defendi com a espada, ela tentou acertar meu pescoço, mas minha espada trincou com a dela, ela fazia um imenso esforço para conseguir me cortar, mas fiquei prendendo sua espada na minha. Até que a sua espada ficou centímetros do meu rosto. “Droga...”, eu pus toda a força que me vinha no momento e aos poucos fui conseguindo tirá-la de cima de mim, até que um “bllimm” ouviu-se, foi a espada dela caindo no chão. Ela correu para pegá-la e eu levantei-me rapidamente.

Ela voltou com toda fúria e fez um corte meio profundo em meu braço. Eu gritei de dor e ela continuou a tentar me acertar, desviei como pude. Até que ela deferiu um golpe com tanta força em minha direção, que quando fui defender-me com a espada, a mesma caiu de minha mão. A garota riu e apontou a espada para mim. “Estamos quite...”, disse ela com um sorriso irônico e depois virando-se e indo embora. Rasguei um pedaço de minha blusa e amarrei firme no corte, dirigindo-me para a parede de escalada.


_______________________________________________
Atualizado por Febo Apolo




- - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - -
CONSELHEIRO-CHEFE DO ACAMPAMENTO

LÍDER DO CHALÉ DE AFRODITE




- - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - -
avatar
Renee Jacces

Mensagens : 125
Dracmas : 449
Data de inscrição : 30/08/2012
Idade : 22

Ficha de RPG
Vida:
170/170  (170/170)
Nível: 5
Inventário:

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Treino de armas de curtas distâncias

Mensagem por Taylor Lautner em Sab Dez 08, 2012 9:45 pm

Chego na arena para treinar e faltar só mais um treino para eu passar para a terceira fase e olho um pessoal organizando equipes por chalé.Eles falaram:
Ares VS Atena
Apolo VS Afrodite
Éolo VS Hermes
Então me reuni com o pessoal do meus chalé e ficamos em posição.E todas as pessoas tinha empatado,se nós conseguirmos ganhar,agente fica em primeiro,se agente perder,em último.
E começou a nossa luta.Defendi uma estocada de um cara do chalé de Hermes e dei uma outra estocada na armadura dele,fazendo ele cambalear para trás e cair em outras 5 pessoas,derrubando todas elas.
Então,vi pessoas do meu chalé caídas no chão e outras lutando.Vendo isso,fui até as pessoas do chalé de Hermes e comecei a atacar e defender,tudo em ordem e a defesa era perfeita.
Armamos uma tática que cercaremos eles e atacaremos.E foi isso que agente fez na luta.Começamos a empurrar eles em grupo até eles ficarem em um único lugar e nesse momento,fizemos um círculo envolta deles e começamos a estocar e derrubar todos os que vimos no círculo.
Então o juiz anunciou o fim da luta e anunciou que nós ganhamos e recebemos prêmios.E saio de lá contente,e vou fazer outro treinamento.


_________________________________________________________________________
É um grande sonho, e um treino bem viajado, mas tá valendo. Atualizado por Apolo
avatar
Taylor Lautner
Filho(a) de Éolo

Mensagens : 30
Dracmas : 77
Data de inscrição : 30/11/2012
Idade : 20
Localização : acampamento meio sangue

Ficha de RPG
Vida:
100/100  (100/100)
Nível: 2
Inventário:

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Treino de armas de curtas distâncias

Mensagem por Pris Tommien em Dom Dez 09, 2012 7:16 am

Esse era o treino que Pris mais gostava de fazer, armas de curta distância. Dessa vez, ela iria treinar com uma adaga. Foi novamente ao arsenal e pegou uma de madeira, as adagas se encaixavam bem em sua mão. Foi para perto dos bonecos e os analisou.
- Será que tem algum que faz movimentos de batalha? -- Ela sussurrou para si mesma e viu mais ao fundo um boneco automático. Ele mexia apenas os braços, mais dava para o gasto. A garota ativou um botão em sua lateral e ele começou a se mover.
- Bem, então terei de acertar seu tórax, é o lugar mais difícil. -- Parou para analisar suas opções e se preparou. Quando saiu em corrida, viu que seria um pouco difícil, ele fechava todo o cerco. Ela começou uma dança em sua volta, tentando achar uma brecha. Hora feria o seu braço, hora áreas perto de seu peito mais nunca na onde era a sua meta.
A garota parou e voltou para observar. Ele agia como se tivesse um sensor, toda vez que ela tentava atacar alguma parte, ele voltava sua defesa para lá.
- Espera... -- Ela semi-cerrou os olhos. Sua cabeça estava a mil por hora, ela sabia o que fazer. Partiu em uma corrida diminuindo o espaço entre eles e quando chegou perto ela se lançou para baixo, ajoelhada. Como esperado, ele tentou defender suas pernas, mais a menina era mais rápida. Antes de fazer qualquer coisa, ela parou e fez um rolamento para trás, se erguendo de novo. Apesar de o alvo ter agilidade, Pris tinha mais.
Segurou o braço motor do boneco com o seu punho e cravou a adaga em seu tórax. Nada aconteceu, ele apenas tentou voltar sua proteção e a menina recuou. Ela havia conseguido, e então continuou o treinamento. Após ter se passado mais ou menos meia hora, ela se afastou cansada. Tinha se saído muito bem com a adaga.
Guardou-a no arsenal e saiu da arena. Pris estava satisfeita consigo mesma.


________________________________
Atualizado por Febo Apolo




.

Pris Tommien
Filho(a) de Atena

Mensagens : 40
Dracmas : 39
Data de inscrição : 07/12/2012
Idade : 17
Localização : Acampamento Meio - Sangue

Ficha de RPG
Vida:
140/140  (140/140)
Nível: 3
Inventário:

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Treino de armas de curtas distâncias

Mensagem por Conteúdo patrocinado


Conteúdo patrocinado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Página 16 de 17 Anterior  1 ... 9 ... 15, 16, 17  Seguinte

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo


 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum